A tal da rede social. O social e a mídia. Por Srta. Simioli.

Srta. Simioli - Papo de Job
Papo Web com Srta. Simioli

Todo mundo está lá, todo mundo sabe usar. As redes sociais tomaram um espaço tão grande nas nossas vidas, que vale pensar um pouco sobre o que publicar nos nossos perfis pessoais.

Os usuários das redes sociais são os mais distintos, tem gente que exagera nas postagens, gente que só observa, gente que reclama do atendimento no restaurante, gente que ostenta (esses são muitos!), gente que stalkeia o ex, o chefe, o colega… gente que paga mico!

Mas e aí, o que fazer? Na dúvida busquei ajuda de uma profissional que entende muito desse tema, a Social Media Giovanna Simioli, ou Srta. Simioli, como é conhecida. Gi preparou dicas especialmente para o Papo e eu sugiro que você leia, anote, curta, copie, compartilhe todas as #DicasDaSrta. Vamos ver?

 

Srta. Simioli - Papo de Job

Stalkeei o Facebook dela e roubei esta foto. hehe

“Já estamos acostumados com a ideia de que ela chegou para ficar. Essa nova mídia é tão jovem que ainda causa tanto espanto pela sua estranheza, quanto fascínio pela sua abrangência. A tal INTERNET nos acertou em cheio.
No meio de tantas ideias emaranhadas há uma rede sem tamanho, ilimitada e abarrotada de possibilidades, as dúvidas nos levam contra a maré ou a favor da correnteza. O resultado de toda essa estratégia é um só: a sua meta. E no quesito MARKETING, o objetivo geralmente é um só: vender seu produto, seu serviço ou sua ideia. Mãos à obra! Posicione-se”.

 


Papo: Eu preciso estar presente em todas as redes sociais?

Srta. Simioli: Não. É preciso estar presente na rede social que te dá maior relevância, aquela na qual você consegue estar sempre se relacionando com seus seguidores e vendendo a sua mensagem. Mas por questão de garantia, reserve o nome da sua marca em todas elas, pois a internet é inconstante. Amanhã tudo pode mudar ou a rede social da vez para o seu público pode migrar para outra.

Papo: O que deve ser evitado?
Srta. Simioli: Não há regras na internet, mas o bom senso sempre vale mais em qualquer situação. Erros de português (e pontuação) não soam bem, palavrões tanto quanto. Ficar publicando muita coisa no mesmo dia soa insegurança e falta do que fazer, e colocar na rede ofensas, reclamação e coisas negativas também são atitudes dispensáveis, podendo ser até invasivas e polêmicas, afinal, ninguém precisa de ter a mesma opinião que a sua, lembre-se: menos é mais sempre!

Papo: Sobre quais assuntos devo falar?
Srta. Simioli: Os que mais lhe interessam, a página ou canal da rede social criada por você é de sua responsabilidade. Mas não se esqueça do bom senso. Geralmente as pessoas curtem ver informação técnica sobre assuntos de interesse ou notas da atualidade. Foque no assunto relevante do seu público alvo e divirta-se. Espalhe o bem. Os internautas usam a internet para pesquisar, comprar e se informar; e as redes sociais vieram para se relacionar e influenciar. Geralmente as pessoas que estão navegando pela rede curtem notícias, moda, beleza, entretenimento, política, jogos, economia, arquitetura, decoração, design, compras em geral, paquera, e por aí vai… Interação é a chave para ter mais seguidores.

Papo: Falando em assuntos, preciso mesmo expressar minha opinião no Facebook sobre tudo?
Srta. Simioli: Seus amigos, fãs e seguidores não precisam de ter a mesma opinião que a sua em tudo, use o bom senso novamente e como no mundo fora da internet, ouça mais do que fale, ou seja, leia mais do que tecle. Vale sempre lembrar que ninguém é igual a você, e cada um tem a sua forma de ser. O preconceito é a pior forma de tentar fazer parte de algum grupo ou manifesto. Respeite tudo o que vê.

Papo: Adicionar o chefe, pode?
Srta. Simioli: Claro! Essa é a melhor forma de mostrar que é responsável, sábio, criativo, fiel e tem caráter. Características relevantes para um plano de carreira dos sonhos. Quebre as amarras e saia da caixa. Seja estratégico.

Papo: Foto de biquíni e frase filosófica, pode?
Srta. Simioli: Novamente o bom senso. Se seu perfil for privado e seus amigos forem só aqueles que realmente te interessa, pode. Foto de biquíni não é elegante, a não ser que seja para um editorial de moda produzido com todas as técnicas necessárias, e frases filosóficas sempre passam energias boas, mas não seja cansativo.

Papo: Quando publico um textão pareço intelectual? Alguém lê?
Srta. Simioli: Se tiver a fim de escrever, escreva! Mas em um bloco de notas. Antes de publicar qualquer informação, leia e releia. Edite e corte se necessário, afinal, escrever é cortar palavras. Seja direto e não faça rodeios, seu público não tem todo o tempo do mundo para você, a não ser que você escreva um artigo ou um poema. Se for relevante as pessoas vão ler, nada contra parecer intelectual. Use a internet ao seu favor. #DicaDaSrta.

Papo: Tem dicas de foto de perfil?
Srta. Simioli: Seja discreto e diferente. Use de preferência a sua logo ou o seu rosto. Na internet, use imagens e fotos claras, com um bom brilho e contraste. Vale ser criativo em tudo o que fizer lá pelas redes sociais. Sucesso e nos vemos por lá! @srtasimioli

 

Gostou né? Eu também… e pra saber mais é só acompanhar as redes sociais do Papo: o Facebook, Instagram Linkedin.  E o Programa Papo de Job na TV já está no ar na TV e no canal no Youtube! Você não pode deixar de ver e me contar o que achou.

 

Você pode gostar...