Agronegócio: Nicho promissor da Rica Comunicação

Rica Comunicação

Da paixão pelo agronegócio e pela comunicação surgiu a Rica Comunicação, uma agência especializada no agronegócio, setor que é uma das principais fontes de renda do estado de Mato Grosso do Sul.
A agência encontrou um nicho que foge dos principais clientes das agências de publicidade locais e isso tem garantido muito sucesso!

Entre os serviços que a Rica oferece podemos citar Captação de Patrocínio, Organização de Eventos, Publicidade e Assessoria de Marketing. Ricardo Almeida Cordeiro, Diretor Geral da Rica Comunicação, conversou com o Papo sobre o trabalho da agência, que há oito anos vem desenvolvendo material exclusivo para o agronegócio e com isso já rompeu as fronteiras do estado e vem atendendo clientes em vários estados do país.

Ricardo Almeida Cordeiro - Rica Comunicação

Ricardo Almeida Cordeiro – Rica Comunicação

Papo: Como surgiu a ideia de criar uma agência focada no agronegócio?
Ricardo: A ideia surgiu devido à paixão pelo agronegócio e por eu ser um profissional da área de publicidade e marketing. A agência nasceu e se mantém com o objetivo de privilegiar a comunicação de produtores rurais e empresas relacionadas ao setor. Levamos em consideração que esta é uma classe que exige pessoas especializadas para tratar de infinitos assuntos, por isso a agência investe em profissionais direcionados pelo ambiente rural, com experiência de mercado e que saibam do que estão tratando e da relevância do campo para o desenvolvimento social e econômico.

Papo: Como é o mercado publicitário do agronegócio em MS?
Ricardo: Embora seja a principal atividade econômica de Mato Grosso do Sul e de vários outros estados brasileiros, considero o mercado publicitário do agronegócio ainda restrito, mas com grandes novas possibilidades. O agronegócio é um dos principais campos em expansão e o setor de comunicação e marketing ganha espaço de acordo com o crescimento e valorização do ambiente rural.

Papo: Em tempos de Feiras Agropecuárias, o trabalho na agência se intensifica?
Ricardo: Sim, atuamos em feiras locais e internacionais. Os trabalhos de assessoria de imprensa, redes sociais, criação de estratégias de marketing e eventos desenvolvidos pela Rica Comunicação aumentam significativamente com a realização das feiras no interior de Mato Grosso do Sul, em outros estados e na Bolívia, por exemplo, onde acontece a maior feira agropecuária da América Latina, a Expocruz – Feira Internacional de Santa Cruz, bem como a Fexpocruz.

Papo: Vamos falar sobre os cases desenvolvidos pela Rica?
Ricardo: Existem dois cases que Rica Comunicação considera desafios que se tornaram sucesso em todos os âmbitos. Em 2009 estruturamos e gerenciamos a comunicação da Expoinel, a maior feira indoor da raça Nelore do mundo, com grande destaque na mídia nacional e entre os pecuaristas brasileiros, com sucesso de crítica.
O segundo case que temos orgulho de citar, também foi um desafio para a agência e para o nosso cliente é o desenvolvimento do maior leilão de touros do mundo. À partir das nossas estratégias e dos objetivos da Nelore Grendene, o Leilão 1000 Touros se tornou emblemático e entrou para o calendário anual de leilões em Mato Grosso.

Rica Comunicação: Principais Clientes

Haras Motta
Nelore Grendene (MT)
Fazenda 3R
Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (MG)
Criatório Senepol Luar
Estância Sausalito (Bolívia)
Total PEC (Bolívia)
Frigonorte (Paraguai)
Programa de Melhoramento Genético Geneplus Embrapa
Associação Sul-mato-grossense dos Criadores de Nelore
Verdana Agropecuária
Senepol Nova Plan
Senepol Água Limpa

Encontrar um nicho específico para seguir foi a grande sacada da Rica e o resultado positivo a gente percebe pelo grande número de clientes e jobs. Nós, do Papo, desejamos cada vez mais sucesso à Rica.

Você pode gostar...