Marcas + Snapchat. A combinação está dando certo?

Snapchat - Papo de Job

Queridinho do público jovem, o Snapchat é a rede social que explodiu em 2016 e já chama atenção das marcas. Falando em marcas, a gente ainda não tem um grande número delas por lá, né?! Talvez por medo do desconhecido ou por não saberem como vender em um ambiente tão dinâmico.

Bom, o fato é que a rede social está crescendo, e muito! Sabia que ela já passou o Twitter em número de usuários ativos?! Pras empresas que ainda não estão por lá, o recado é bem simples, é melhor ficarem atentas e começarem a pensar nessa nova possibilidade. As mais antenadas e atentas ao público jovem, saíram na frente e já trabalham com estratégias de marketing criadas exclusivamente pro Snap.

O problema é saber como se posicionar por lá, e a dica de todos os especialistas no assunto, é que o conteúdo precisa ser interessante e real. Pessoas querem ver pessoas no Snap. E hoje eu bato um Papo sobre este tema com uma amiga do Papo, a Giovanna Simioli, Srta Simioli nas redes sociais. A Gi é uma grande profissional de mídias sociais, que vem estudando o Snapchat desde que ele surgiu. Então fica ligado nesse Papo e pense no Snap como uma oportunidade pra sua empresa.


Antes do Papo com a Srta Simioli, lembra de curtir as redes sociais do Papo Facebook, Instagram Canal do Papo no Youtube! Pra você curtir o Papo de Job na TV. 😉


2016-07-25-PHOTO-00000235Papo: Por que o Snapchat virou o queridinho dos jovens?
Srta Simioli: Pelos chat e principalmente pelo fato das mensagens serem instantâneas, com duração de apenas 24hrs.

Papo: E por que a galera mais velha ainda e receosa em relação a ele?
Srta Simioli: Pela dificuldade de se adaptar ao que é novo, por receio da novidade e por desconhecer as reais funções plataforma. Vale lembrar que o app é pesado, e necessita de memória no celular e uma boa conexão com a internet.

Papo: Como está sendo a relação das marcas com essa rede social?
Srta Simioli: As marcas que saem na frente já estão super adaptadas e criam campanhas específicas para a rede social, como a Netflix, a Burberry, Coca-Cola e TacoBell.

Papo: E o resultado do Snapchat para as marcas? Elas já sabem como atuar nessa rede?
Srta Simioli: O resultado é interação, espontaneidade, branding, e venda, é claro. Quem não sabe ou não está no Snap deve correr para segurar seu lugar. Vale a pena! Hoje em dia aprender é algo simples pois temos o Google, com infinidades de tutoriais e artigos sobre o assunto.

Srta Simioli Snap

Srta Simioli no Snapchat

Papo: O público está migrando do Facebook pro Snap ou a tendência é que os dois andem juntos?
Srta Simioli: Cada rede social tem seu público, mas o criador do Snapchat (Evan Spiegel) está dando uma baita dor de cabeça em Mark Zukerberg e toda sua trupe.
A rede social de Evan esse ano foi avaliada em 16 bilhões de dólares, com mais de cento e cinquenta milhões de usuários ativos, e a probabilidade de crescimento é gigantesca.

Papo: Vamos deixar algumas dicas sobre como as marcas podem utilizar o Snapchat?
Srta Simioli: Divulgar os bastidores do seu produto ou serviço, gravar vídeos com colaboradores, clientes, fornecedores, enviar chats para prospects, promover o snap da empresa em outras redes sociais para angariar seguidores, criar campanhas específicas e promoções para o público do snap, mostrar em tempo real algo inédito, enfim, solte a criatividade e bom snapping!

Legal, né?! Você já tem o seu? Então segue lá srtasimioli e larimlopess 🙂

Você pode gostar...