Papo de Jacaré na Blink 102

Blink - Papo de Job

Todo mundo já ouviu que a internet ocuparia o espaço da rádio e que nós íamos acabar deixando esse veículo de lado, não é mesmo?! Mas parece que essa previsão não estava certa! O rádio se reinventou e hoje, ao invés de brigar com a internet, ele a usa a seu favor, na interação com o público. E essa estratégia deu certo! Hoje o ouvinte gera conteúdo pras rádios através do WhatsApp. Quem imaginaria isso há uns anos, não é mesmo?!

E na Toca do Jacaré, a internet já é usada há um tempo para dar voz ao ouvinte. Pra quem não entendeu nada, Toca do Jacaré é o nome dado aos estúdios da Blink 102. Eu fui lá conhecer a equipe e bati um Papo com Alex Bachega, que me recebeu com toda sua serenidade característica.

O que eu já posso adiantar é que a rádio é linda, com paredes tomadas por arte! Acompanhe esse Papo para conhecer a história da Blink 102.

Papo na Blink 102

Alex Bachega, Larissa e Samy Nayef

Papo: Conta a história da Blink 102 pra gente. Ela é toda novinha, né?
Bachega: Sim! A Blink está no ar há cinco anos. É uma rádio que foi pensada com muito carinho por todo o grupo que participou da sua estruturação. A Blink 102 foi Rádio Ativa, até 1999. Depois ela passou a ser evangélica por um período, até retomamos o projeto de voltar com uma rádio comercial.
O primeiro desafio foi pensar um nome inovador que não tivesse registro. Pensamos em retomar o nome Rádio Ativa, mas fizemos uma pesquisa e Blink foi o nome escolhido.
A Blink nasceu com uma proposta diferente, inovadora e com o conceito de sustentabilidade, de motivar as pessoas a construírem um mundo melhor. Nascemos com um desafio maior.

Papo: O que toca na Blink?
Bachega: O que é sucesso, o que a maioria quer ouvir. Nosso diferencial é a linguagem, você ouve a Blink e percebe a alegria e conscientização. Outro diferencial é que nossas vinhetas são feitas na Europa.

Blink 102 - Papo de Job - Publicidade MS

Estúdio da Blink

Papo: Os programas da Blink caíram no gosto do público. Vamos falar deles?
Bachega: O Horário de Pico está consolidado no horário, é um serviço útil para o público e é feito totalmente com a participação dos ouvintes. O Café com Blink também é sucesso, é um programa pra quem quer começar o dia bem, com informação e bom humor. Temos ainda o Eita Pêga que é mais polêmico, fala de assuntos relevantes, atuais, às vezes temos um convidado no programa. O Viva Voz, às dez da noite que fala sobre relação, é um programa um pouco mais apimentado e tem participação do ouvinte também.

Papo: Falando em participação do ouvinte. A interação pelo WhatsApp é grande?
Bachega: O nível de interação é cada vez mais alto pelo WhatsApp. As notas de voz permitem muita participação do ouvinte, o Programa Horário de Pico é feito totalmente por eles. É o ouvinte gerando conteúdo.
Nas redes sociais tem muita interação também, principalmente no Facebook.

Papo: Como são os projetos de sustentabilidade da Blink?

De Papo com o mascote da Blink

De Papo com o mascote da Blink

Bachega: Nós já plantamos mais de 100 mudas de árvore. Também temos o Ecopedágio toda sexta-feira, nele os ouvintes trazem lixo reciclável aqui na rádio, e participam de um programa de pontuação que é trocado depois por produtos ou serviços de um parceiro nosso. E os resíduos entregues aqui vão pro destino correto.

Papo: Como é o Prêmio Blink?
Bachega: É o único prêmio de rádio do Brasil, um prêmio que estimula o mercado. Para participar, basta que o spot tenha sido veiculado durante o ano aqui na Blink. A gente seleciona os melhores e manda pro júri, que é sempre de fora do Estado.
O prêmio é uma forma de valorização dos nossos parceiros, que são as agências de publicidade, a gente estimula eles a melhorarem cada vez mais o trabalho. Eles concorrem a prêmios bem legais, o último foi uma viagem pra Las Vegas.
Todo mês, fazemos uma ação lembrando as agências do prêmio. É muito legal ver o material melhorando a cada ano.

Natal Blink 102

Promoção Natal Blink

Promoção Natal Blink

Neste fim de ano, a Blink vai fazer o bem junto com você. Na campanha “Juntos pelo bem”, você vai até o Norte Sul Plaza, doa dois itens da cesta de Natal Blink (alimento não perecível + 1 produto de higiene pessoal). Feita a doação você ganha um cupom que dá direito a “chutar” o número de jacarés que estão adesivados no carro da promoção. Ganha o carro quem acertar o numero exato de jacarés adesivados ou o anterior mais próximo. Confira o regulamento aqui.

Eu adorei esse Papo! E você gostou de descobrir o que tem dentro daquele Jacaré?

Você pode gostar...